19 de dezembro de 2012

O que é a “Anarcomiguxos” e como surgiu?

Em 2012, uma ideologia estranha começava a despontar entre os jovens de direita chamada “anarcocapitalismo“. Estranha porque era uma contradição em termos, um oximoro, dado que o anarquismo, por ser uma filosofia contra qualquer forma de opressão e hierarquia, é totalmente incompatível ou mesmo o inverso do capitalismo, o qual se baseia na violência da propriedade privada.

Diante disso, no fim do mesmo ano, dois amigos anarquistas, percebendo o ridículo dos seguidores dessa ideologia que se apresentava como novidade no Brasil, resolveram criar uma página para parodiá-los, com o lema “porque o anarcocapitalismo está para o anarquismo, como o emo está para o punk”, chamando-se, por esta razão, Anarcomiguxos.Desta forma aqueles que seguem a ideologia “anarcocapitalista” passaram a ser chamados de Anarcomiguxos pela página.

Claro, eles jamais aceitaram o termo, pelo contrário, o detestaram tanto que tentam usá-lo para se referir a nós, os editores da página (risos). Eles apenas aceitam serem chamados de “libertários” (o que não possui lógica alguma também, já que reais libertários são os anarquistas) ou de anarcocapitalistas. Nos EUA, Chomsky se refere a eles como proprietarianistas, o que tem muito mais sentido, afinal essa galera defende a opressão baseada na propriedade privada, não possuem nada de libertários. Já nós preferimos chamá-los de anarcomiguxos, ou simplesmente miguxos, e assim será.

Quem é esse homem com balde na cabeça?

No início do movimento ancap no Brasil, por volta de 2010, seus integrantes tinham uma guru. Apesar de não ser anarcocapitalista, a escritora Ayn Rand, russa radicada nos EUA, acabou se tornando a musa inspiradora dessa galera. Rand é conhecida por pregar um ultra individualismo que beira à sociopatia, o qual, em sua “filosofia” é chamado de objetivismo.

Por tal razão, Rand se tornou a referência do movimento anarcocapitalista nos EUA e continua assim até hoje. Os anarcocapitalistas do partido republicano como Paul Ryan e Ron Paul a idolatram. Os ricaços que encontram em Rand uma justificativa para sua riqueza idem. Como pôde perceber, a ideologia ancap foi exportada para o Brasil praticamente já toda estruturada pelos conservadores estadunidenses, então a ideia de Rand como inspiradora do movimento também foi adotada pelos miguxos tupiniquins. Pelo menos foi assim no início. Assim, Rand se tornou o avatar da página Anarcomiguxos.

Rand foi uma pessoa contraditória e detestável. Pregava individualismo, mas contou com a solidariedade da comunidade judia para se estabelecer nos EUA quando recém chegada da URSS. Pregava Estado mínimo, mas, ao desenvolver câncer, recorreu à assistência social dos EUA. Pregava a sacralização da propriedade privada, mas enalteceu a conquista do Oeste e legitimou o genocídio indígena, alegando que índios não passavam de selvagens que não tinham direito a território algum. Talvez, por ser uma figura tão torpe, os miguxos br acharam melhor deixá-la de lado para não queimar seu movimento.

E agora que você sabe quem é a pessoa que virou o ícone da Anarcomiguxos, trata-se não de um homem, mas sim uma mulher com um “balde” na cabeça. 😉

Este site é sobre o quê, afinal?

Criada sem maiores pretensões, a página Anarcomiguxos rapidamente ficou conhecida entre os grupos de discussão política no Facebook. Como não poderia deixar de ser, seus posts e memes começaram a incomodar os neoliberais e ultraliberais de Internet, que foram colocados à prova em suas próprias crenças, principalmente em sua suposta defesa da liberdade de expressão. O resultado: já em suas primeiras semanas, a página teve seu primeiro post derrubado.

Inicialmente criada para parodiar ancaps, com o tempo outros representantes da fauna conservadora se tornaram “vítimas” dos posts da página, como olavetes, separatistas, reacionários e, principalmente, neoliberais de internet. Porém a influência anarquista de seus administradores originais fez que nem a esquerda fosse poupada, sendo a esquerda stalinista e os então defensores cegos dos governos petistas os principais alvos.

22 de março de 2013.

Fazer posts provocativos contra todos esses grupos inevitavelmente provocaria uma reação e assim, durante seus quase 5 anos de existência, a página Anarcomiguxos foi derrubada cinco vezes, estando atualmente em sua sétima versão (a sexta foi derrubada, mas recuperada por meio de uma apelação, porém não recebe mais atualizações para evitar que seja derrubada de vez por denúncias em massa).  Ao mesmo tempo, grupos ancaps e neoliberais criaram diversos clones da página, na tentativa de confundir e impedir o crescimento da original, chegando a ter mais de 70 mil seguidores em um deles, tamanha a obstinação desses grupos em querer combatê-la e anulá-la.

Na queda da sua quinta versão, e diante do avanço conservador, a ideia da Anarcomiguxos possuir um site se concretizou. Agora possuímos um lugar mais seguro, livre da moderação arbitrária do Facebook. Esta rede social pune páginas de esquerda e é conivente com páginas de discurso de ódio, mas aqui nossas publicações estarão seguras, pelo menos enquanto ainda existir um espaço minimamente democrático na Internet.

No entanto, o site da Anarcomiguxos não irá se ater a reproduzir o que é publicado em sua página. Aqui também publicaremos conteúdo inédito e exclusivo para o site, além de memes inéditos e jogos de Quiz. Então este site, assim como a página que lhe deu origem, fala de política com uma pitada de humor, focando principalmente nos neoliberais e ultraliberais, ou simplesmente miguxos.